Orçamento: CLIQUE AQUI
Televendas: (11) 3358-8000

Como funcionam as usinas hidrelétricas

JMC Elétrica - Material Elétrico > Sustentabilidade  > Como funcionam as usinas hidrelétricas
usina hidreletrica

Como funcionam as usinas hidrelétricas

Todos sabem que precisamos de eletricidade para que nossos materiais elétricos funcionem, porém já parou para pensar como a energia que chega até eles é captada? No Brasil, a maior parte da energia elétrica consumida nas residências tem origem nas usinas hidrelétricas, dada a abundância de recursos hídricos no território brasileiro. No entanto, como funcionam as usinas hidrelétricas? O processo parece simples, porém, há alguns detalhes que são bastante interessantes de se mencionar.

usinas hidreletricas

A conversa de hoje será sobre como funcionam as usinas hidrelétricas e como elas produzem energia para que possamos usar em nossos materiais elétricos, então vem conosco!

 

O que é uma usina hidrelétrica?

As usinas hidrelétricas (também chamadas de hidroelétricas) são sistemas que transformam a força contida na correnteza dos rios em energia cinética, uma vez dada pelo movimento de várias turbinas. Essas turbinas geram tração e impulsionam os geradores, que por sua vez, conduzem a energia para o material elétrico.

A construção das usinas hidrelétricas se dá sempre em locais onde se pode tirar proveito dos desníveis naturais dos cursos dos rios, dessa forma, é necessário que haja vazão mínima para garantir a produtividade da usina. De acordo com o potencial de geração de energia podemos classificar as hidrelétricas em dois tipos: Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH’s), que operam com faixa energética de 1 a 30 MW (MegaWatts) e reservatório inferior a 3km²; Grandes Centrais Hidrelétricas (GCH’s), que operam com potências superiores a 30MW.

 

usinas hidreletricas

 

A maior hidrelétrica do mundo, em geração de energia, é a Itaipu Binacional com capacidade de 12.600 MW. Ela pertence tanto ao Brasil quanto ao Paraguai, gerando cerca de 15% da energia consumida em todo o território nacional, bem como atinge a exorbitante taxa de 90% de toda a energia dilacerada em território paraguaio. Ou seja, além de produzir quase toda a energia usada pelos paraguaios, a usina ainda produz quase um sexto da energia usada aqui! É muita coisa, não é mesmo?

 

Tipos de hidrelétricas por reservatório

usinas hidreletricas

As hidrelétricas podem receber classificações de acordo com o tipo de reservatório. São elas:

Usina hidrelétrica a fio d’água: não dispõe de reservatório de água com produção de eletricidade, variando de acordo com a vazão do rio. Esse tipo de usina hidrelétrica trabalha em combinação com outras situadas no curso superior da bacia hidrográfica, a fim de garantir geração constante de eletricidade e evitar variações na geração de energia elétrica durante o ano.

Complexo hidrelétrico: composto por um conjunto de usinas hidrelétricas, planejadas e construídas em uma mesma bacia hidrográfica. O complexo hidrelétrico visa melhor aproveitamento do potencial energético dos rios.

Independente do tipo de usina, o princípio de funcionamento é o mesmo: a água armazenada em um reservatório (represa), passa pela turbina fazendo-a girar. A turbina, por sua vez, está acoplada a um gerador que transforma a energia em eletricidade, através de fios e cabos a energia é distribuída e conduzida às casas e comércios.

 

Impactos ambientais das usinas hidrelétricas

usinas hidreletricas

Estudos recentes desmentem o conhecimento difundido de que as hidrelétricas são uma fonte de energia completamente limpa. A formação das bacias de reservatório, especialmente as de grandes dimensões exigem grandes desmatamentos, além de produzir diversos tipos de impactos ambientais e sociais, como alagamento das várzeas, aumento no nível dos rios e da temperatura local, graves alterações na fauna e flora local, afetação negativa no modo de vida dos povos ribeirinhos e indígenas que dependem da pesca, tortuoso acesso à água e inúmeros conflitos sociais, culturais, políticos, jurídicos e fundiários.

Embora sejam mais baratas que outras formas de energia, como a nuclear, os custos das usinas hidrelétricas tendem a ser mais altos do que estimam os dados oficiais. As grandes usinas, em particular, têm custo real exorbitante e demandam enorme tempo para construção.

Ainda que a energia solar e a energia eólica estejam ganhando cada vez mais espaço, não há investimentos suficientes nessas áreas. Ademais, a energia produzida pelas usinas hidrelétricas é mais barata em relação aos custos da produção de eletricidade via energia nuclear.

Também vale lembrar, que as usinas hidrelétricas são certamente menos agressivas ao meio ambiente do que as usinas termelétricas, pois a base de petróleo ou carvão faz com que a energia hidrelétrica continue sendo a opção mais viável e barata. Por conta disso, os estudos necessários para a construção das usinas hidrelétricas são muito importantes, visando diminuir o impacto ambiental e socioeconômico.

 

Material Elétrico de qualidade é na JMC

material eletrico

Agora que sabe como funcionam as usinas hidrelétricas e de onde vem a energia que usamos em nossas casas, é importante também saber onde comprar materiais elétricos. Afinal, é por conta deles que precisamos da eletricidade gerada pelas usinas hidrelétricas, não é verdade?

Na JMC você encontra produtos para a sua casa e escritório como torneiras e ventiladores, produtos para a Iluminação e decoração como lâmpada de LED e luminárias, itens para a construção e reforma como disjuntores e cabos flexíveis, e ainda, artigos de informática e telefonia como cabos HDMI e roteadores. Além disso, realizamos parcerias com profissionais especializados como eletricistas, arquitetos, empresas, hospitais e muito mais! Nossas fusões visam trazer melhores preços para os que necessitam de nossos produtos. Confira!

Agora que você sabe como funcionam as usinas hidrelétricas e conhece nossos serviços, faça um orçamento conosco. A JMC possui grande variedade de materiais elétricos!

Gostou da conversa de hoje? Então acompanhe o nosso blog e a nossa página no Facebook, para não perder nenhuma postagem!